Instituto José Maciel

Depoimentos

Estatísticas do Site

Membros : 4409
Conteúdo : 645
Links da Web : 6
Visualizações de Conteúdo : 941584

Pessoas Online

Nós temos 19 visitantes online

Dr. Ciro Jose Tavares da Silva

E-mail Imprimir PDF

Lançamento da Biografia do Prof. José Tavares da Silva, pelo advogado, e filho Dr. Ciro Tavares,

acompanhadode sua esposa Zuleide Teixeira, vendo-se à direita, a Senhora Neide Maciel e o Prof. Olímpio Maciel.

Ciro José Tavares da Silva, nascido em Natal, a 25 de agosto de 1940, formou-se em Direito na Faculdade de Direito do Recife em 1964. De 1965 a 1980 militou na imprensa, exerceu a advocacia e integrou os quadros funcionais da Esso Brasileira de Petróleo e da Siderúrgica Açonorte, ocupando funções Administrativas. Em 1981, estimulado por seus pais, abandona definitivamente tarefas vinculadas a empresas, viaja à Europa e na volta retoma sua profissão de advogado.

Durante o Curso de Mestrado, que não concluiu por conta do ambiente de incompreensão reinante na tradicional Faculdade pernambucana, teve aprovada sua monografia (inédita) Da Arte e do Delito, pela cadeira de Criminologia.

Seus primeiros passos literários datam de 1957/58, quando traduziu o poema “Come live with Me And Be My Love”, do inglês Christopher Marlowe (inédita) e escreveu o ensaio “Da Poesia Tovadoresca”, parcialmente publicado no jornal O Curso. Iniciou-se efetivamente na literatura em 1987, publicando, a convite do jornalista Marcus Prado, dois poemas na coluna Livros & Autores do jornal Diário de Pernambuco. Um ano depois recebe o Prêmio Ladjane Bandeira de Poesia com o livro “Além da Rosa-dos-Ventos”, posteriormente selecionado pela UBE, RJ para o Prêmio Jorge de Lima de Poesia. Contudo sua publicação pela FUNDARPE, uma semana antes da premiação, levou o autor a retirar sua inscrição, porquanto a obra não mais correspondia ao espírito do certame, destinado a estreantes. Paralelamente, na mesma ocasião, seu “As Elipses de Phoenix” credenciara-se para o Prêmio Jorge Fernandes de Poesia, também da UBE, RJ. Atendendo recomendações unânimes das Comissões Julgadoras, a entidade outorgou o Horconcours ao poeta, duplamente vencedor.

A nível regional recebeu, duas vezes, o Prêmio de Poesia Raymundo de Moraes, do Grêmio Cultural Ruben Van der Linden e da Academia de Letras de Garanhuns (PE).Integrou diversas antologias de poesias no Brasil e no exterior.

É membro da Associação Nacional de Escritores (ANE), da União Brasileira de Escritores do Rio de Janeiro, Sócio honorário da UBE/ RN e membro da Academia Cearamirinense de letras e Artes – ACLA.

Além obras mencionadas, publicou o livro de poesia Baladas e Moinhos e as biografias À Sombra do Tempo, sobre seu pai, o cirurgião e professor de Medicina José Tavares da Silva, e a Sinfonia do Outono, sobre a respeitável e centenária pessoa do Sr. João Paulo de Souza, um dos ícones do comércio natalense. Resgatou, no livro Álbum de Versos Antigos, a poesia de sua tia-avó Adelle de Oliveira, professora e poetisa do Ceará – Mirim, reconhecidamente o maior nome feminino do parnasianismo potiguar. Em 2010 lançou o livro Anêmonas, também no campo da poesia. Integra diversas antologias, em Brasília, São Paulo e Recife e escreveu artigos nos jornais de Natal, e revistas culturais.

 
 Natal/RN - Brasil,