Instituto José Maciel

Depoimentos

Estatísticas do Site

Membros : 467
Conteúdo : 617
Links da Web : 6
Visualizações de Conteúdo : 762862

Pessoas Online

Nós temos 26 visitantes online

Literatura

Mulher Rendeira - Mario de Andrade 1928

E-mail Imprimir PDF

 

As garotas de Sao Francisco

E-mail Imprimir PDF


As Moças de São Francisco

Última atualização ( Ter, 31 de Janeiro de 2017 16:47 )
 

Escritora Maria de Lourdes Cid

E-mail Imprimir PDF

Se estivesse viva, minha mãe completaria 100 (cem) anos; assim digo, em relação a seu corpo físico. Na verdade, em nossa lembrança estará sempre viva, presente nos seus filhos, netos e bisnetos, nos ensinamentos que nos transmitiu, nos exemplos de uma filha carinhosa, de uma mãe sempre atuante, na caridade com os mais necessitados, na solidariedade e na honradez, que pautou a sua vida.

Lembro-me mais fortemente que afirmava com muita convicção e objetividade, para que “lembrássemos dela, mas sem sentir saudades”, preparava-nos para que não houvesse sofrimentos, para um amanhã sem ela. Costumava também afirmar com forte dose de certeza que “esquecer é humano, mas perdoar é divino”, como se a nos pedir obediências aos ensinamentos de Jesus Cristo, nos orientando a convivência sem rancores e sem ódios – exemplo de uma legítima “Filha de Maria”.

Última atualização ( Qua, 02 de Julho de 2014 17:06 ) Leia mais...
 

O QUE É VIVER BEM?

E-mail Imprimir PDF
"Eu me esforço para ser cada dia melhor, pois bondade também se aprende.”

Um repórter perguntou à CORA CORALINA (poetiza que viveu até 95 anos) o que é viver bem?
Ela disse-lhe: “Eu não tenho medo dos anos e não penso em velhice. E digo prá você, não pense. Nunca diga estou envelhecendo ou estou ficando velha. Eu não digo. Eu não digo que estou ouvindo pouco. É claro que quando preciso de ajuda, eu digo que preciso.

Procuro sempre ler e estar atualizada com os fatos e isso me ajuda a vencer as dificuldades da vida. O melhor roteiro é ler e praticar o que lê. O bom é produzir sempre e não dormir de dia.
Também não diga prá você que está ficando esquecida, porque assim você fica mais. Nunca digo que estou doente, digo sempre: estou ótima. Eu não digo nunca que estou cansada. Nada de palavra negativa. Quanto mais você diz estar ficando cansada e esquecida, mais esquecida fica. Você vai se convencendo daquilo e convence os outros.
Então silêncio! Sei que tenho muitos anos. Sei que venho do século passado, e que trago comigo todas as idades, mas não sei se sou velha não. Você acha que eu sou?

Tenho consciência de ser autêntica e procuro superar todos os dias minha própria personalidade, despedaçando dentro de mim tudo que é velho e morto, pois lutar é a palavra vibrante que levanta os fracos e determina os fortes.
O importante é semear, produzir milhões de sorrisos de solidariedade e amizade. Procuro semear otimismo e plantar sementes de paz e justiça. Digo o que penso, com esperança. Penso no que faço, com fé. Faço o que devo fazer, com amor. Eu me esforço para ser cada dia melhor, pois bondade também se aprende.”

Cora Coralina morreu em 1985 aos 95 de idade, cuidou do seu interior mais do que seu exterior, tinha todas as linhas da vida no rosto, e que vida !
 

O QUE SIGNIFICA SOLIDÃO

E-mail Imprimir PDF
Solidão não é a falta de gente para conversar, namorar, passear ou fazer sexo...
Isto é carência.
Solidão não é o sentimento que experimentamos pela ausência de entes queridos
que não podem mais voltar... Isto é saudade.
Solidão não é o retiro voluntário que a gente se impõe, às vezes, para realinhar
os pensamentos... Isto é equilíbrio.
Solidão não é o claustro involuntário que o destino nos impõe compulsoriamente
para que revejamos a nossa vida. .. Isto é um princípio da natureza.
Solidão não é o vazio de gente ao nosso lado... Isto é circunstância.
Solidão é muito mais do que isto.
Solidão é quando nos perdemos de nós mesmos e procuramos em vão pela nossa
alma....

Chico Buarque de Holanda
 
JPAGE_CURRENT_OF_TOTAL
 Natal/RN - Brasil,