Instituto José Maciel

Depoimentos

Estatísticas do Site

Membros : 682
Conteúdo : 632
Links da Web : 6
Visualizações de Conteúdo : 883661

Pessoas Online

Nós temos 24 visitantes online

O MAGNÍFICO

E-mail Imprimir PDF

Se alguém tinha mérito para ser chamado de Magnífico, este era Onofre Lopes da Silva, fundador e primeiro reitor da nossa UFRN. Devo dizer que eu mesmo nunca me senti confortável com o título pomposo estabelecido por decreto federal. Um dia, cheguei a sugerir que o Conselho de Reitores das Universidades Brasileiras, então colegiado máximo universitário, pedisse a redução do tratamento. Bastava a designação reitor, aquele que rege, que já exalta muito. Ninguém aceitou a sugestão.

Passei a me divertir com o tratamento. Ao governador Geraldo Melo, que me perguntou se já poderia me chamar de Magnífico, respondi ao amigo que bastava me chamar de formidável. Ganhei dele o apelido de formidável.

Qual o legado do Dr. Onofre? O desafio foi-me dado quando fui chamado pelo presidente da Academia de Medicina (Matias Maciel) na Associação Médica para revelar em uma palestra.

Leia mais...
 

Major Antonio Andrade

E-mail Imprimir PDF

 

Pe. Joao Correia de Aquino (Monsenhor Aquino)

E-mail Imprimir PDF

- Dados pessoais e funcionais do Monsenhor Aquino
(Pe. João Correia de Aquino)

Nascido na cidade de Pau dos Ferros, região oeste do Rio Grande do Norte, em o3.06.1920, é o 15º rebento de uma família classe  média constituída de uma prole de 18 filhos gerados pelo casal Manoel Alexandre de Aquino e Júlia Correia de Aquino, ele, agropecuarista de origem portuguesa e ela de prendas domésticas, descendente de Joaquim José Correia  - Homem público de projeção no cenário político em fins do século dezenove e começo do século vinte.

De formação cristã conviveu na sua infância e pré-adolescência, sob os cuidados atentos do lar, sempre inclinado a pretensões religiosas.

Seus passos preliminares na busca do saber foram orientados nas salas do Grupo Escolar “Joaquim Correia”, da sua cidade, entidade edificada por seu avô materno quando de suas proveitosas gestões administrativas naquela época. Com pouca idade, ainda, matriculou-se no Colégio Marista de Natal, mas logo no ano seguinte, transferiu-se para o Seminário de São Pedro, em Natal, efetuando sua iniciação vocacional.

Depois de freqüentar o Seminário Maior em Fortaleza, ordenou-se padre na Diocese de Natal no dia 19 de novembro de 1947.

Leia mais...
 

Joao Camara

E-mail Imprimir PDF

João Severiano da Câmara (Taipu, 8 de março de 1895 — Natal, 12 de dezembro de 1948), mais conhecido como João Câmara, foi um agropecuarista, comerciante, industrial e político brasileiro que foi deputado estadual no Rio Grande do Norte e senador pelo mesmo estado.

Fazendeiro, criador de gado e plantador de algodão, exportador e industrial, desempenhou papel fundamental na criação e desenvolvimento do município de Baixa Verde, hoje João Câmara, sendo seu primeiro prefeito.

Em outubro de 1934, foi eleito para a assembléia constituinte do Rio Grande do Norte pelo Partido Popular (PP), sendo um dos signatários da constituição estadual de 1936.

Com a implantação do Estado Novo, teve seu mandato extinto, em novembro de 1937.

Redemocratizado o país, elegeu-se senador em janeiro de 1947 pelo PSD, do qual foi um dos fundadores em seu estado.

Quando faleceu, era um dos nomes cogitados para concorrer ao governo.

Períodos Legislativos da Terceira República - 1937-1946

Leia mais...
 
 Natal/RN - Brasil,